Brinquedos e brincadeiras: como estimular a linguagem da criança?

Por Raquel Luzardo e Amanda Greco
Fonaudiólogas

O brinquedo é o estimulador da curiosidade e iniciativa, proporcionando uma divertida forma de desenvolvimento da linguagem, do pensamento e da atenção.

Estimulando os sentidos
Bebês de 0 – 2 anos

Os brinquedos devem ter diferentes texturas e cores e fazer sons variados para desenvolver a percepção sensorial. Brinquedos que possam colocar na boca, móbiles que o bebê possa tocar, chocalhos, bichinhos de borracha que produzem som, brinquedos flutuantes para o banho, livrinhos de pano, grandes cubos para empilhar, etc.

No mundo da Fantasia
Crianças de 3-6 anos

Os Brinquedos vão desenvolver, além da linguagem o conhecimento, a coordenação motora e a imaginação. Supermercado em miniatura, zoológico, telefone, fazendinha, fantoches, fantasias, bonecas, casinha , comidinhas, livros de histórias, jogos com regras fáceis, massinha, quebra-cabeça e Lego também são indicados.

Hora do Jogo
Crianças de 7-12 anos

Os jogos incentivam a convivência e desenvolvem aspectos linguísticos e sociais. Objetos que estimulam a imaginação e descoberta favorecem o aumento do vocabulário e a estruturação do pensamento. Livros, jogos de tabuleiro, lupa, luneta, kits de mágico ou de cientista, bolinhas de gude, quebra-cabeças, lego, etc.